Partido Verde de São Paulo

Tripoli quer proibir o uso de cães por empresas de segurança

pvsp 03 03

Roberto Tripoli (PV-SP) deve assumir uma cadeira na Assembleia Legislativa do Estado de São Paulo no próximo dia 15 de março, porém, no apagar das luzes de seu mandato de vereador na capital paulista, o parlamentar apresentou mais um projeto em defesa dos animais. Desta vez, trata-se do projeto de lei 55/2015 que proibe o uso de cães por empresas de segurança patrimonial privada e de vigilância, na maior cidade do Brasil. A proposta foi protocolada na Câmara Municipal de São Paulo no último dia 26 de fevereiro.

Se o PL for aprovado e entrar em vigor, as empresas que usarem cães para vigilância e segurança no município de São Paulo poderão ser multadas em R$ 5 mil, por animal. Também receberá a mesma multa quem fizer uso do serviço e o dono do animal (no caso de cães terceirizados pra essas empresas).

Na justificativa do projeto de lei, Trípoli salienta que “mesmo nos raríssimos casos de empresas que tentam reduzir os agravos físicos e psicológicos dos cães “de aluguel”, é forçoso reconhecer que a crueldade é inerente à prática, à medida que expõe a integridade física dos animais a riscos permanentes. Diante de todo o conhecimento científico sobre a senciência animal (capacidade de manifestar sentimentos e emoções) e o imenso aparato técnico disponível no mercado de segurança, é inaceitável a exploração de cães para a suposta garantia da inviolabilidade de patrimônios”.

Íntegra do PL 55/2015

Fonte: AsCom Gabinete vereador Roberto Tripoli

Secretaria Estadual de Comunicação

Partido Verde – São Paulo

voltar ao topo

Partido Verde do Estado de São Paulo © 2016

Top Desktop version