Partido Verde de São Paulo

Bancada do PV critica manutenção de acordo nuclear pelo parlamento alemão

Bancada-do-PV-critica-manutencao-de-acordo-nuclear-pelo-parlamento-alemao

A Bancada Verde na Câmara dos Deputados lamenta profundamente a decisão do Bundestag (câmara baixa do Parlamento alemão) de manter em vigor o Acordo Nuclear Brasil-Alemanha. A moção do Partido Verde alemão pelo fim do acordo foi votada nesta quinta-feira (6), e a derrota implica em sua prorrogação por mais cinco anos.

A decisão é incoerente, considerando que a Alemanha decidiu banir a energia nuclear de seu território. Além disso, o acordo não tem sido cumprido de forma satisfatória. A previsão de cooperação tecnológica e treinamento de técnicos, por exemplo, nunca se efetivou. Falta também transparência, o país investiu bilhões de recursos públicos, valores jamais contabilizados.

A energia nuclear é cara e extremamente perigosa para a saúde humana e ambiental. A opção por essa matriz energética é contrária aos princípios de segurança e sustentabilidade defendidos historicamente pelo PV.

Angra I e II contribuem com somente 1,5 % para a matriz energética nacional, e operam com um plano de emergência precário, em região de alto risco de deslizamento de terra e obstrução da única via de evacuação em caso de acidente.
Junto com os Verdes alemães, exigiremos de seu governo que as promessas de análise e alterações do acordo sejam cumpridas, garantindo o foco apenas nas questões da segurança, do armazenamento do lixo atômico e do desligamento de usinas.

Em nosso país, continuaremos a lutar por uma matriz energética sustentável e segura, com uma participação cada vez mais relevante das fontes limpas e renováveis.
 

Brasília, 06 de novembro de 2014
Bancada do Partido Verde
Câmara dos Deputados

voltar ao topo

Partido Verde do Estado de São Paulo © 2016

Top Desktop version