Partido Verde de São Paulo

PV ratifica o óbvio e dá apoio ao candidato de oposição

Untitled-112

Na última quarta-feira (08), a direção nacional do Partido Verde se reuniu em Brasília para discutir os resultados da eleições e tomar posição em relação ao segundo turno. Com apenas três (3) abstenções, de quarenta e dois 42 votos, o colegiado presente entendeu que era necessário se posicionar no segundo turno das eleições. Dos trinta em nove votos (39) aptos, trinta e três (33) entenderam que era preciso dar apoio ao candidato de oposição e seis ao candidato de situação.

Estar como oposição no segundo turno foi é uma posição obvia e coerente para um partido que se colocou na disputa contra o atual governo no primeiro turno. Estender o apoio ao candidato da oposição no segundo turno, marcando posições críticas e documentamentadas, foi uma tomada de posição madura e sensata. Coube a Eduardo Jorge, um dos pensadores da legenda, redigir e entregar o documento com as ponderações de apoio crítico ao candidato de oposição que irá disputar o segundo turno.

Por outro lado, a legenda deve começar um amplo trabalho de avaliação para projetar os passos de seus parlamentares eleitos na Câmara Federal e nas assembleias legislativas, assim como, planejar a participação nas eleições municipais de 2016.

Secretaria Estadual de Comunicação

Partido Verde – São Paulo

voltar ao topo

Partido Verde do Estado de São Paulo © 2016

Top Desktop version